Eu vejo seu futuro

Estava eu saboreando um cremoso e suave sorvete de rosas, sentada num banco da Lincon Rd. quando de repente uma mulher muito magra, tez indiana, interrompe meu momento de prazer dizendo que eu teria muita sorte, que minha aura brilhante havia atraido sua atencao.

Sou macaca-velha, nao cai facil na labia. Ela disse que havia sido engenheira e arquiteta em seu pais (deve ter sido em alguma vida passada) e que nao saia por ai abordando as pessoas dizendo que era vidente.

Pegou minhas maos e disse que o nome da minha familia ficaria escrito na historia (eu ja sabia, meu irmao vai ganhar um bracelete no WSOP) e que via no meu futuro as cores verde, vermelho e dourado (Portugal?!?). Disse que por US$ 25 eu poderia fazer 3 perguntas. Respondi que nao tinha pergunta nenhuma (ja que sao tantas) e muito menos $. Ela entao me desejou boa sorte e saiu.

Voltou instantes depois propondo um acordo: uma pergunta por um pedaco de pizza. Pensei "why not" e resolvi comer tambem. Comi uma pizza divina de berinjela e queijo de cabra no lugar chamado "Pizza Rustica". Ela preferiu uma de frango a parmiggiana. Perguntei de ela vivia apenas de videncia e ela respondeu que limpava casa.

A situacao estava meio estranha, constrangedora e disse a ela que tinha que ir. Ela nem me disse obrigada. Na tarde do dia seguinte eu a vi no mesmo lugar abordando uma senhora.

Obviamente cai no conto, mas pelo menos saiu barato (US$ 5) e por causa dela fiz uma refeicao maravilhosa. Acho que as cores que ela viu no meu futuro eram da pizza: verde=manjericao, vermelho=tomate e dourado=alho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário