Pimp my Gnocchi: Gnocchi de berinjela com tomate confit, abobrinha e queijo de cabra




O que eu mais gosto da vida de cozinheira-blogueira é inventar. Buscar combinações clássicas de sabores e apresentá-las de modo inovador. Ou procurar perfis de sabores inusitados e mostrá-los de forma tradicional.

Minha maior preocupação sempre que escrevo uma receita aqui, é que você entenda os princípios por trás do preparo e então consiga criar suas próprias combinações. Fazendo juz ao post da semana passada, procuro explicar o porquê das coisas (técnica) proporcionando liberdade a quem cozinha (criação).

E com esse espírito, resolvi criar uma série de gnocchi que incluíssem novos sabores e combinações. Batizei a série de "Pimp my Gnocchi", inspirada na iniciativa bacanérrima do "Pimp my Carroça", projeto que vai customizar as carroças de catadores de papelão, deixando-as mais atraentes e divertidas.

Começamos com o gnocchi de berinjela e já temos o de batata doce e beterraba e o de abóbora para as próximas semanas, mas a ideia é continuar inventando. Aceitamos sugestões de sabores! Mande a sua.

GNOCCHI DE BERINJELA DEFUMADA COM TOMATE CONFIT, ABOBRINHA E QUEIJO DE CABRA

Ingredientes - Gnocchi
  • 380 grs de polpa de berinjela (aproximadamente 2 berinjelas queimadas com casca na boca do fogão)
  • 220 grs de batata assada (asse as batatas envoltas em papel alumínio e passe-as pelo espremedor de batatas ou pelo passa-legumes ainda quentes. Na falta desses utensílios, utilize um garfo e amasse bem as batatas, sem a casca)
  • 100 grs de farinha de trigo
  • 50 grs de queijo parmesão ralado fino
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
Ingredientes - Molho
  • 300 grs de tomate cereja
  • 4 dentes de alho com casca
  • 6 ramos de tomilho e/ou alecrim
  • 2 xícaras de chá de azeite de oliva (ou o suficiente para cobrir os tomates)
  • 1 abobrinha italiana cortada em meia lua (usei abobrinhas redondas, uma amarela e outra verde)
  • 100 grs de queijo de cabra tipo boursin ou outro cremoso
 Modo de Preparo - Gnocchi
  1. Leve uma panela grande ao fogo com água abundante e uma pitada de sal até ferver.
  2. Misture todos os ingredientes até obter uma massa molenga e homogênea.
  3. Coloque a massa num saco de confeitar e com a ajuda de uma faca, vá despejando pequenos bocados na água fervente.
  4. Quando os gnocchi subirem à superfície, aguarde um minuto, retire-os da água com uma escumadeira e reserve-os numa travessa untada com um nadinha de azeite.
  5. Repita o processo até terminar a massa, cozinhando cerca de 20 ou 25 gnocchi por vez.
  6. Mantenha os gnocchi cobertos com papel alumínio para que permaneçam aquecidos.
Modo de Preparo - Molho
  1. Disponha os tomates numa panela de fundo grosso, coloque os dentes de alho com casca e os ramos de tomilho e/ou alecrim.
  2. Cubra tudo com azeite e leve ao fogo baixíssimo até que a pele dos tomates começe a arrebentar.
  3. Escorra o azeite da cocção e reserve.
  4. Descasque os alhos cozidos com os tomates e pique-os em lâminas. Descarte as ervas.
  5. Aqueça uma frigideira e despeje duas colheres de sopa do azeite do cozimento dos tomates.
  6. Refogue brevemente o alho laminado e a abobrinha cortada em meia lua. Esse passo é bem rápido - como diria minha avó: "É só um susto", porque o alho já está cozido e a abobrinha tem que ficar al dente.
  7. Adicione os tomates confitados e cozinhe por mais um minuto.
Montagem
  • Coloque os gnocchi na travessa que irá servi-los.
  • Cubra-os com o molho de tomate e abobrinha.
  • Esfarele o queijo de cabra por cima e acrescente algumas folhas de manjericão fresco.
  • Finalize com um fio de azeite do cozimento dos tomates.
Observações:
  1. Você pode aumentar as quantidades de batata e/ou farinha para obter um gnoccho mais firme, a ponto de enrolar. Mas tenha em mente que: quanto mais batata, menos gosto de berinjela e mais calorias. E quanto mais farinha, mais pesado e massudo vai ficar.
  2. Por que batatas assadas e não cozidas? Porque quanto menos água, melhor. Assando, as batatas ficam mais secas e mais saborosas também.

P.S.: Sim, eu sei. A foto que ilustra este post está longe de ser denominada bonita. Mas é o que temos pra hoje. Pensemos pelo lado positivo: dá pra ver todos os ingredientes, ver que são frescos, ver as marcas da toalha... Help, Let!!! :)

2 comentários:

  1. Ontem "pimpei" um Parpadelle com o molho desta sua receita. Ficou muito bom.

    Obrigado pela idéia!

    'braços

    Celso Bessa

    ResponderExcluir
  2. Eu quero experimentar, mas feito por você!
    Susan

    ResponderExcluir